Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \01\UTC 2009

A Ilha Misteriosa‘ começa quando Sean capta uma mensagem codificada vinda de uma ilha misteriosa localizada em umponto onde não deveria haver nada. Um lugar com formas de vida estranhas, montanhas de ouro, vulcões mortais e diversos segredos surpreendentes. Sem conseguir impedi-lo de ir, o novo padrasto de Sean parte com ele na viagem.Junto ao piloto do helicóptero e de sua linda e determinada filha, eles partem em busca da ilha para resgatar seu único habitante e escapar antes que ondassísmicas levem a ilha para o fundo do oceano, enterrando seus tesouros para sempre.

Anúncios

Read Full Post »

Alice, agora aos 19 anos, está em uma festa da nobreza em Oxford, onde vive, até que descobre que está prestes a ser pedida em casamento. Desesperada, ela foge seguindo um coelho branco, e vai parar no País das Maravilhas, um local que ela visitou quando tinha seis anos mas não se lembrava mais.

 Lá ela é novamente saudada pelo Coelho Branco, o Ratão, o Dodo, os gêmeos Tweedledee e Tweedledum e várias flores falantes, no caminho ainda encontram a Rainha de Copas e a Rainha Branca. Eles discutem sobre a sua identidade como “a verdadeira Alice”… Ela precisa provar a todos que é a verdadeira Alice matando o Jaguardáste, porém, Alice não se lembra de nada de seu passado no País das Maravilhas, então ela toma uma escolha…

Decidida do que irá fazer Alice embarca em uma aventura para procurar a espada Vorpal dentro do castelo da Rainha de Copas e matar Jaguardáste,no Glorian Day o dia em Alice mata o Jaguardáste, a espada Vorpal é a única que pode matá-lo. Após isso, Alice ainda não sabe se ela é a verdadeira Alice que estavam procurando e fica com medo de enfrentar Jaguardáste, Então a lagarta Abi solei a lembra que quando tinha seis anos conheceu este lugar e que o chamou de País das Maravilhas então ela se reconhece e vai enfrentar a situação… E então depois de ter matado o Jaguardáste, Alice volta ao seu mundo e responde perguntas.

E mesmo não se casando com o Lord Ascot consegue um emprego de grande importância com o pai do mesmo.Alice vai viajar para tratar de negócios e então encontra Abi solei como uma borboleta e então ele vai embora voando.

Read Full Post »

Os Pinguins de Madagascar: Operação Comando Pinguim estenda o tapete vermelho para Capitão, Kowalski, Rico e Recruta, quando eles chegam para o lançamento do seu DVD, com missões inéditas! Você pode até achar que eles são apenas uma turma bonitinha de pinguins, mas esses pássaros que não voam são na verdade uma tropa de elite, com habilidades de comando únicas. E, se quiserem manter a ordem no zoológico, eles terão que dar um jeito no festeiro Rei Julian! Entendido, pessoal?

PANICO NA PIPOCA – No primeiro episódio eles tentam recuperar as pipocas que foram confiscadas de todos os visitantes pelos alimentadores do zoológico.

SUMIU NUM FLASH – No segundo episódio eles tentas salvar Maurice de dentro da máquina fotográfica (na verdade era só uma foto dele).

NUMA MISSÃO DE NATAL – No terceiro episódio um dos pinguins quer alegrar o urso polar, que vai passar o Natal sozinho, comprando-lhe um presente, mas os outros são contra. Ele sai do zoológico e os outros tentam encontrá-lo.

Read Full Post »

CORALINE

Coraline é uma garota que também transita entre o mundo real e o imaginário – que não são só flores. No mundo real de Coraline, seus pais não têm tempo para ela, nem para os afazeres da casa que fazem parte da construção do que a gente chama de lar – aquele ambiente em que nos sentimos seguros e acolhidos. O mundo imaginário de Coraline é sedutor, saboroso, incrível – assim como as descobertas da adolescência. Mas nem por isso deixa de ser perigoso e amedrontador – assim como as descobertas da adolescência e da vida adulta.

 

      Antes de começar o conto, Coraline e seus pais se mudam para um novo apartamento perto de uma floresta. Seus pais estão sempre ocupados com o trabalho e por isso lhe dão pouca atenção. Sentindo-se isolada, Coraline sai para explorar. Ela se depara com os habitantes da nova casa para onde se mudou: duas senhoras aposentadas e um senhor que treina ratos.

     Enquanto explora a casa, Coraline acaba encontrando uma porta trancada cuja entrada fora bloqueada por tijolos. No dia seguinte, ela pega a chave dessa porta e a abre encontrando uma passagem que leva a um outro apartamento, duplicando o dela. Esse outro mundo que se abre é habitado por sua Outra Mãe e seu Outro Pai, que são uma réplica muito parecida de seus pais verdadeiros, exceto pela presença de botões no lugar de olhos. Esses Outros Pais parecem de início mais interessantes, divertidos e atenciosos que seus pais verdadeiros.

     No final do dia, Coraline tem que voltar para sua casa, no entanto, sua Outra Mãe lhe oferece a chance de ficar para sempre com ela nesse novo mundo. A única condição seria que Coraline costurasse no lugar de seus olhos, botões, assim como seus Outros Pais. Coraline decide que prefere ir para sua verdadeira casa e isso desaponta sua Outra Mãe.

     Quando volta para seu apartamento no mundo real, Coraline descobre que seus pais sumiram. Ao ver que seus pais não voltam no dia seguinte, Coraline, descobre que foram sequestrados pela Outra Mãe e resolve voltar ao outro mundo para resgatá-los. Ao retornar ao outro mundo, Coraline se depara de novo com a Outra Mãe a quem recusa dar amor e a aceitar seus presentes. Furiosa com essas atitudes, a Outra Mãe prende Coraline num armário atrás do espelho como punição. Lá, ela encontra as almas de três outras crianças de diferentes eras, as quais também foram aprisionadas pela Outra Mãe e então deixadas de lado quando esta teria se enjoado das crianças.

     Quando consegue sair do quarto, Coraline desafia sua Outra Mãe a jogar um jogo onde teria que achar as almas das outras crianças e seus verdadeiros pais. Coraline consegue achar as almas das outras crianças e escapa de volta para seu mundo, onde encontra seus pais verdadeiros sãos e salvos.

     No dia seguinte, Coraline descobre que sua tarefa ainda não foi completada. A mão da Outra Mãe que tinha sido machucada e perdido a mão durante a fuga de Coraline, e a mão tenta roubar a chave da porta para que a Outra Mãe possa obter sua vingança. Porém, Coraline consegue atrair a mão para um poço que havia nas redondezas da propriedade e a faz cair dentro do poço junto com a chave que abre a porta dos dois mundos. Dessa forma, Coraline consegue se livrar dos perigos que a Outra Mãe causava ao seu mundo.

FONTE: wikipedia

Read Full Post »

OS SMURFS EM NOVA YORK

A famosa vila dos Smurfs, com suas casas no formato de cogumelo e pequenas vielas, dá as caras por pouco tempo, logo no início do filme. O suficiente para provocar a sensação de magia, especialmente durante a bela cena do voo no pássaro, quando o local é apresentado. A consequente invasão de Gargamel, brilhantemente caracterizado por Hank Azaria, provoca cenas no melhor estilo cartoon, com armadilhas preparadas pelos Smurfs para protegê-los de seu algoz. Tudo bastante fiel ao visto nos desenhos dos anos 80. Até que seis Smurfs, durante a fuga, cruzam um túnel e vão parar em Nova York. Gargamel e Cruel, é claro, vão atrás deles. É aí que o filme muda bastante.

Em meio a prédios, agitação e muitos humanos, os Smurfs e Gargamel precisam se adequar a este estranho mundo novo. O contraste entre as duas realidades gera algumas das melhores piadas do filme, como a presença do banheiro químico e o contato com a fauna de Nova York, ou seja, seus cidadãos. Logo os Smurfs se envolvem com um jovem casal, Patrick (Neil Patrick Harris, correto) e Grace (Jayma Mays, graciosa), que está à espera do primeiro filho. Prato cheio para as tradicionais lições de companheirismo e paternidade, típicas de qualquer filme família.

Apesar da história ser um tanto quanto óbvia e algumas sequências serem descartáveis, como a do Guitar Hero, Os Smurfs diverte graças a espertas colocações de roteiro. Há breves citações a críticas feitas aos Smurfs ao longo dos tempos, como a irritabilidade de sua canção tema, a presença de apenas uma mulher e a falta de lógica em relação à definição dos nomes de cada personagem. Tudo com muito bom humor, é claro. Outro ponto positivo é o espanto repleto de ingenuidade dos Smurfs diante das maravilhas do mundo recém-descoberto, personificado principalmente em Smurfette e sua perplexidade diante da variedade de vestidos disponível.

Os Smurfs agrada também por conseguir manter características típicas do desenho, como a personalidade própria de Cruel e a criação, em plena Nova York, de perseguições envolvendo os personagens. Trata-se de um filme bem feito que, apesar de deixar uma ponta de decepção por mostrar pouco do universo natural dos Smurfs, consegue agradar crianças – pela animação e cenas de ação – e adultos – pelas citações e piadas implícitas do roteiro, além do inevitável ar de nostalgia. Destaque também para o bom uso do efeito 3D, especialmente na já citada cena do voo no pássaro e na batalha final contra Gargamel.

Fonte: adorocinema

Read Full Post »

DESVENTURAS EM SÉRIE

A série narra as aventuras de três irmãos muito inteligentes, os órfãos Baudelaire. Violet Baudelaire, a mais velha, é uma inventora e tem catorze anos quando a série se inicia; Klaus Baudelaire, o irmão do meio, é um grande leitor e tem doze anos no começo da trama; e Sunny Baudelaire, a caçula, é uma menininha de tres anos que gosta de morder objetos e fala em uma linguagem compreensível apenas para seus irmãos (sua fala vai se desenvolvendo ao longo da série). A história parte do momento em que as crianças são informadas de que seus pais faleceram em um terrível incêndio que ocorreu em sua mansão, destruindo-a. 

As crianças vão viver sob tutela de um primo distante, o Conde Olaf, um homem terrível e pouco higiênico que tenta roubar a enorme fortuna que seus pais lhes deixaram.

Posteriormente,  as crianças são levadas a um novo tutor excêntrico: um tio bonzinho que adora animais e vive cercado de cobras e depois outra tia que tem medo de tudo; o Conde Olaf sempre os acha onde quer que estejam, aparecendo em disfarces ridículos com um plano diferente para roubar a fortuna das crianças. Aparentemente, os únicos que não são enganados pelos disfarces são os Baudelaire. 

O 2º tutor é determinado quando o conde tenta matá-las deixando o carro no trilho do trem. O assistente social os manda para ele, que é bonzinho, fanático por animais e vive com várias cobras. Conde Olaf aparece um dia por lá disfarçado e quase o engana. Volta outro dia e o mata com a picada de uma cobra.

Vão viver então com esta outra tia (Meryl Streep) que adora gramática evive numa casa pendurada no abismo, morre de medo de que a casa pegue fogo, a maçaneta da porta se quebre, de corretores imobiliários e tudo o mais. O conde também se disfarça e começa a cortejá-la. Ele a segue até a casa e a mata. Ou é o que parece. Ela deixa um bilhete de despedida, mas cheio de erros de português. Eles pegam esses erros e percebem que é uma pista de que ela está viva e escondida em uma caverna.

Vão até lá e a encontram mas o conde aparece e a joga para ser devorada pelas sanguessugas.

O conde então fica sabendo que só ficaria com a fortuna se fosse parente consanguíneo ou por casamento de uma das crianças. Arma uma peça teatral mas convida uma juíza de verdade e celebra o casamento dele com Violet. Mas, no último segundo, Klaus consegue queimar a certidão.

A partir de certo momento as crianças vão descobrindo o segredo que envolve suas vidas e a vida e morte de seus pais. Vão compreender que os incêndios não foram mera coincidência, e eventualmente descobrem que seus pais faziam parte de uma organização, a C.S.C., junto com vários de seus guardiães.

Os Baudelaire descobre que C.S.C. era uma organização de voluntários que apagava incêndios. Quando o conde Olaf tinha quatro anos, houve a cisão. C.S.C. se dividiu em duas: algumas pessoas continuavam apagando incêndios, mas outras, como o conde Olaf, criavam incêndios. Entre os voluntários que apagavam incêndios estavam os pais Baudelaires.

O filme acaba com os meninos visitando a casa incendiada dos pais e encontrando cartas que eles haviam escrito para eles.

Read Full Post »

OS FANTASMAS DE SCROOGE

O Natal se aproxima e, como sempre, Ebenezer Scrooge (Jim Carrey) mantém seu desprezo pela data. Milionário e muito mesquinho, ele só pensa em dinheiro e não dá espaço para a emoção em seu coração, maltratando Bob Cratchit (Gary Oldman), seu fiel assistente, e ignorando seu sobrinho Fred (Colin Firth).

Até que sete vésperas de natal depois da morte de Marley, Scrooge recebe a visita aterradora do espírito de seu antigo sócio. Preso por enormes correntes em conseqüência de uma vida também pecadora, o fantasma alerta o amigo sobre os próximos acontecimentos: três espíritos virão visitá-lo para ensinar-lhe a beleza do espírito natalino. Relutante no começo, como não poderia ser diferente, Scrooge é forçado a aceitar as aventuras que viverá nas próximas horas.

Relembrando os inicialmente incríveis e posteriormente questionáveis momentos de seu passado, vendo a tristeza que se transformou o seu presente e ainda encarando a tragédia que será o futuro para ele, o velho tentará resgatar em seu coração a magia do amor ao próximo, que é tão relembrada nessa época do ano.

Mas o enredo traz uma grande surpresa perto da metade do filme. À medida que Scrooge conhece os fantasmas, eles vão se tornando cada vez mais assustadores. O primeiro, o do natal passado, é bondoso. O segundo, espírito do natal presente, segue aparentemente pelo mesmo caminho, até que risadas sarcásticas revelam sua verdadeira natureza, seguindo uma linha de ensinamentos mais sombria e adulta. Já o espírito do natal futuro é ainda mais assustador. Retratado apenas por meio de uma gigante sombra negra, ele não hesita em colocar uma enorme carruagem à caça do velho e levá-lo ao cemitério. O filme ganha incríveis pontos devido a essas cenas, mas pode incomodar algumas crianças e seus pais, que esperavam um filme bem mais leve.

Outra característica positiva da fita é o humor inserido na história. Há pouco espaço para risadas, afinal estamos diante de uma história dramática, mas a comicidade é inserida através de cenas macabras, como quando o espírito de Marley quebra o maxilar ao falar com o amigo Scrooge. O afinamento da voz do personagem principal em uma das sequências cruciais do filme também demonstra que o roteirista sabe tirar bom humor de fatos sombrios. Seria no mínimo estranho um filme protagonizado por Jim Carrey, que interpreta no total sete personagens, sem algumas gargalhadas. Mesmo que a cópia legendada não esteja disponível no Brasil, vale a pena conferir um Carrey mais contido.

Apesar de não ter um público alvo definido, “Os Fantasmas de Scrooge” vale pelo visual arrebatador e pela ótima direção.

CURIOSIDADES

» Todos os personagens do filme foram criados digitalmente após os atores atuaram em frente a uma tela vazia, com sensores de captura de movimento. Posteriormente, a captação era refeita pelo computador.

 

Read Full Post »

Older Posts »